WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
CulturaItororó

AUGUSTO PEREIRA CHAVES : UM PARLAMENTAR NA VERDADEIRA EXPRESSÃO DA PALAVRA

Por Miro Marques

Na história político-legislativa de Itororó, Augusto Pereira Chaves foi, sem sombra de dúvida, o vereador que melhor cumpriu o dever de legislador de todos que passaram pela a Câmara de Vereadores de Itororó.

Numa pesquisa retroativa, de forma sem precedente, imprimida numa varredura livre e espontânea, não encontramos outro caso que pudesse superar ou mesmo se igualar à coragem, o esforço, o dinamismo e, sobretudo, o sentimento do dever cumprido deste ilustre Senhor que foi votado e eleito nas eleições de 1966, e que cumpriu seu papel de vereador de forma politicamente correta até o último dia do seu mandato.

O feito histórico que marcou a passagem deste ilustre cidadão pelo Parlamento Municipal de Itororó, inda é lembrado e comentado pelo o fato de sua permanente presença em todas as sessões, normais e extraordinárias, constantes do calendário normativo da Câmara dos Vereadores de Itororó, no quatriênio de 1967 a 1970, numa época em que se legislava por pura vocação, pois, não havia qualquer tipo de valor monetário pago como remuneração ao cargo de Vereador e, ainda assim, o nobre parlamentar, marcou presença em todas as sessões até o fim do seu mandato.

Augusto Pereira Chaves viajava à pé de Itati para Itororó a 22 km de distância quando por desventura não encontrava qualquer meio de transporte que lhe levasse à sede do Município, arguindo que falta de condução não era motivo para impedir sua presença nas sessões da Câmara, pois quando aceitou registrar a sua candidatura, já sabia que o transporte era incerto….

Este feito, extraordinário, levou esse insigne edil, entrar para a história legislativa como o parlamentar de Itororó, a figurar unicamente no pedestal da fama legislativa até a data…

Augusto Pereira Chaves foi o vereador que melhor cumpriu o seu papel de parlamentar municipal em toda a história político-legislativa de Itororó…

Entretanto, esta proeza não lhe garantiu um segundo mandato legislativo, o que fez o ilustre ex-vereador se desgostar e se mudar para a cidade sulina de Coaraci-Bahia, onde também tentou ser mais uma vez vereador, mas tanto cá como lá, não conseguiu mais figurar seu nome no rol dos vereadores eleitos.

Fica aqui a sugestão deste ex vereador de Itororó que, confessa, também, ter passado batido nesta questão, para os ilustres vereadores do momento para que possam outorgar a este nobre senhor o Título de Cidadão Itororoense, fazendo jus à sua gloriosa passagem pelo Parlamento deste Municipal…

Um Comentário

  1. faço minhas escusas ao nosso ilustre historiador,, que , por falha, deixou de elencar os feitos do vereador, senão, participar ativamente das reuniões, , quiça esse nao tenha sido o motivo em nao ser outorgado a ele um novo mandato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Fechar