MORADOR DO BAIRRO COLÔNIA VIVE DIA DE INDIGNAÇÃO COM O GOVERNO DE ADAUTO E RECLAMA NAS REDES SOCIAIS

 

Milton Marinho

 

Com esgoto correndo a céu aberto há mais de 3 décadas, entre promessas de políticos e coletas de votos, os moradores do bairro Colônia estão vivendo em seus limites quanto as melhorias que não chegam.

Segundo um morador que postou nas redes sociais, fotos do descaso público com o bairro; fazem mais de 40 anos que ninguém olha para a situação do esgoto. Apesar do governo atual, na pessoa do engenheiro Gonzaga já ter autorizado o serviço, mas o serviço não foi feito e a fedentina continua de modo insuportável levando riscos de saúde para as crianças e para todos os moradores.

O morador questiona o governo que virou as costas para o bairro, bradando assim, pelas redes sociais sua indignação.

Bota ordem na casa, Adauto.

 

 


| 28 comentários em MORADOR DO BAIRRO COLÔNIA VIVE DIA DE INDIGNAÇÃO COM O GOVERNO DE ADAUTO E RECLAMA NAS REDES SOCIAIS


Caixa reativa linha de crédito pró-cotista; limite para imóveis usados aumenta para 70%

Caixa reativa linha de crédito pró-cotista; limite para imóveis usados aumenta para 70%

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

 

A Caixa Econômica Federal retomou nesta terça-feira (2) a linha de empréstimo imobiliário Pró-Cotista, uma das mais baratas praticadas do país, e que foi suspensa em junho do ano passado. O limite de financiamento para imóveis usados também foi ampliado de 50% para 70%, o que reduz a entrada de 50% para 30% nestes casos. O limite para unidades novas foi mantido em 80%. A linha pró-cotista perde apenas, em juros, para o programa Minha Casa Minha Vida. O Banco do Brasil também é o que oferece a linha pró-cotista. Para 2018, foi disponibilizado R$ 4 bilhões para a linha de empréstimo – no ano passado, foram R$ 6,1 bilhões. O recurso se esgota à medida em que é procurado, logo não há um prazo definido para acabar o crédito.

 

Bahia Notícias


| Deixe seu Comentário


Dick o brincalhão: Por Almir Portela

 

Imagem relacionada

Almir Portela

 

Dick o brincalhão

Na década de 80, morava em Ipiaú um casal, o Sr. Lourenço e D. Leda e seus dois filhos Nara e Pedro, o Sr. Lourenço era um jovem trabalhava em um laticínio onde produzia alguns derivados do leite, manteiga e queijo, sendo o queijo o carro chefe, seus produtos eram comercializados em Salvador, e a D. Leda era professora, sócia de um colégio para alunos do primeiro grau, era uma pessoa dedicada e grande profissional na área de educação, até ai tudo bem, o que nos interessa é a residência do casal. A casa localizada no centro da cidade com uma área de uns 400 metros quadrados, uma pequena piscina onde as crianças passavam um bom tempo brincando, um quintal grande com diversas frutas, separado da casa por um portão e logicamente uma cerca, este casal ganhou de presente um cão de raça não definida (vira-lata), que foi batizado de Dick, este pequeno animal era a alegria das crianças, era dócil e gostava de brincar, tinha uma energia incrível, foi crescendo de uma forma acelerada que com poucos meses já era um gigante, tinha uma força descomunal, não latia, mas com o seu porte físico avantajado, demonstrava respeito, sua brincadeira favorita era pular nas pessoas, como era grande e pesado, quem tivesse na sua frente nunca escapava da queda. Lembramos de alguns casos de Dick, e vamos contar agora. D. Leda gostava e ainda gosta de enfeitar sua casa, e como era final de ano, ela preparou uma árvore de natal com diversos presentes cinematográfico, e bastantes bolas de enfeites, pisca-pisca e tudo mais, pois bem, Dick ficava na sua casa acorrentado durante o dia e solto a noite, numa dessas noite, Dick achou de abrir os presentes da árvore, estraçalhou tudo, não dando por satisfeito resolveu comer as bolas de vidro ao ponto de ser levado ao veterinário, e D. Leda quando acordou e viu seu trabalho bagunçado, culpou o marido, dizendo que queria dá um fim no Dick, pensou um pouco e perdoou seu animal. Outro dia o casal e seus filhos estavam numa pizzaria se divertindo, quando alguém liga para o dono da pizzaria, informando que Dick estava na frente da casa pregando terror, a porta estava entreaberta, aproveitou e foi pra rua, ninguém passava em frente à casa, Dick não deixava, até a polícia foi acionada e Dick tava nem ai, só se acalmou quando séo Lourenço chegou. O caso mais engraçado D. Leda me contou, foi o seguinte: o padre local marcou uma visita ao casal. No dia acordado, chega o vigário em seu possante fusca, D. Leda tinha feito um bolo de cenoura e preparado um chá para sua visita, pois bem, o vigário assim que adentrou na área vip, cheio de plantas e flores, Dick viu no vigário, talvez um brinquedo diferente, como passe de mágica foi recepcionar o vigário à sua maneira, ou seja, pulou em cima jogando ao chão e com suas patas em cima do padre, começou a lambê-lo com sua língua de quase 50 centímetros, e o pobre do padre imobilizado, ficou todo lambuzado das lambidas, com muito custo o padre conseguiu se safar saiu apressadamente entrou no fusca e saiu em disparada. Com a velocidade que saiu, acredito que deve ter chegado ao Vaticano em poucas horas.

 

 


| 2 comentários em Dick o brincalhão: Por Almir Portela


ITORORÓ: A ARCO APRESENTOU À FUNASA A VERDADE SOBRE O PLANO DE SANEAMENTO BÁSICO. 

Por Dr. Lopes

RESUMO: A Inexecução total do Plano Municipal de Saneamento Básico de Itororó deve-se ao atual prefeito que, com descaso e irresponsabilidade deixou caducar o pedido de CONVALIDAÇÃO, com mentiras e má fé PREVARICOU, artigo, 319 do CP, – e jogou 50% do PLANO fora, e hoje o Plano de Saneamento Básico de Itororó trazido e mantido com muito sacrifício desde 2011, está na estaca zero. Vai ser conduzido por um engenheiro recém formado, (deixando uma incógnita sobre sua concretização), e alguns funcionários totalmente despreparados, pois o arremedo de gestor disse que não tem dinheiro para contratar empresa com engenheiros experientes para elaborar esse Plano, vontade para MATAR o PLANO que estava quase todo pago com recursos deixados pelo ex-gestor Adroaldo, ELE TEVE. Não se interessou em dialogar. Agora vai uma pergunta: Porque ele e/ou a FUNASA não convidou a empresa ARCO para discutir questões das quais ela, ARCO, era parte/contratada?

Vai usar o que já foi elaborado pela empresa ARCO, 50%, mesmo tendo afastado a mesma do processo, covardemente, com mentiras e má fé, e querendo o ressarcimento do que foi pago pelo serviço feito, só mesmo um prefeito acéfalo e do mal. Confiando na impunidade, como vem ocorrendo em sua vida profissional de “cardiologista”, há três décadas, rompeu unilateralmente com a empresa, mesmo com um contrato em vigor, com isso, comprometeu o município; a ARCO vai acionar o município, Judicialmente, buscando danos morais e materiais, pelo rompimento arbitrário, unilateral e covarde do avençado entre a ARCO e o município, por parte do infame arremedo de prefeito.

Se alguém tiver interesse nessa bobagem de saneamento básico,  que é somente um direito fundamental da pessoa humana, (ONU), trazendo saúde para a população, o meio ambiente e nossos rios,,,

 

ARCO – ARQUITETURA, CONSULTORIA & CONSTRUÇÃO LTDA

Rua Caetano Moura 345, 2° andar, Federação – Salvador/Bahia. CEP 40.210-340 – (071) 3255-0134 – Fl – 01 de 013.

Salvador/Bahia, 03 de dezembro de 2017.

CORRESPONDÊNCIA 0639 – 014/2017. Assunto: NOTIFICAÇÃO 303.

À FUNASA – FUNDAÇÃO NACIONAL de SAÚDE – SUEST/BAHIA

Avenida Sete de Setembro 2328 – Corredor da Vitoria – Salvador/Bahia.

 

Leia Mais


| 8 comentários em ITORORÓ: A ARCO APRESENTOU À FUNASA A VERDADE SOBRE O PLANO DE SANEAMENTO BÁSICO. 


POR MIRO MARQUES: SEBASTIÃO DE OLIVEIRA ALVES

 

MIRO MARQUES

 

 

SEBASTIÃO DE OLIVEIRA ALVES

UM MARTE DA IGREJA CATÓLICA. ASSASSINADO NA PORTA DA IGREJA MATRIZ DE SANTO ANTONIO EM 23 04 1961.

                                    

                                                   

Quarenta anos, três meses e três dias foram exatamente, segundo os tristes acontecimentos registrados no livro da Igreja Católica de Itororó, o tempo de vida vivido pelo Pe. Sebastião de Oliveira Alves, assassinado na porta da Igreja Matriz de Santo Antonio de Itororó, no dia 23 de abril de 1961.

Filho de Antonio Joaquim Alves e Elisia Rosa de Oliveira ele Nasceu em Bebedouro São Paulo, no dia 20 de janeiro de 1921. Ainda criança, acompanhado dos pais, Sebastião veio morar na Bahia, no município de Itaju do Colônia. Concluiu o primeiro grau e o ensino médio no Colégio Salesiano de Salvador. Sentiu o despertar da fé e quis dar evasão a sua vocação sacerdotal. E a convite de um amigo foi estudar num Seminário Católico da cidade do Recife-Pe, onde concluiu o Curso Presbiteral no ano de 1958, sob o brilho de uma grande manifestação religiosa. A festa da sua ordenação presbiteral foi pomposamente realizada na cidade do Recife nas presenças imprescindíveis de bispos, padres e diáconos das cidades que compõem a Grande Recife e circunvizinhanças. E logo após receber os paramentos, o novo padre, foi cumprir a sua missão na maior ilha fluvial do mundo. Na Reserva Indígena da FUNAI, no Parque Nacional do Araguaia no Estado de Goiás, hoje Tocantins. Seu primeiro trabalho foi catequizar os índios da Ilha de Bananal. Ali ele pregou, exemplarmente, o Santo Evangelho para os aborígines daquela civilização e viu frutificar a palavra de Deus. Voltando a Bahia ele ficou à disposição da Diocese de Ilhéus atuando na Paróquia de São José de Itabuna até ser designado pelo Senhor Bispo Diocesano a ocupar a Pastoral da Paróquia de Santo Antonio de Itororó, onde estão sepultados os seus restos mortais.

O Pe. Sebastião de Oliveira Alves foi Coordenador Espiritual da comunidade católica de Itororó de 16 03 1960 a 08 04 1961. Isto é o que consta do Livro de Registro dos Padres da Secretaria da Igreja Matriz de Itororó. Porém, o revés da vida preparou-lhe uma emboscada, quando o Líder Espiritual da comunidade católica itororoense, voltava de um espetáculo de tourada exibido pelo circo do laureado toureiro Jararaca, aproveitou-se do tempo que tinha sobrando para entrar na Igreja Matriz a fim de ungir com os “Santos Óleos” e acompanhar um pouco o grupo de devotos que fazia a Vigília do Tríduo Pascal daquele ano. Leia Mais


| 1 comentário em POR MIRO MARQUES: SEBASTIÃO DE OLIVEIRA ALVES


HÁ MAIS DE 3 DÉCADAS PLANTADA, ÁRVORE DA PREFEITURA TOMBA AOS GOLPES DE UMA MOTOSERRA ANTES DA VIRADA

Milton Marinho

 

A política ambiental de nosso município parece estar bem servida de prefeito e de gestão pública. Depois de uma crise medonha em que passamos com a estiagem, onde, uma das causas, foi o grave problema do desmatamento no município. Não é que a prefeitura de Itororó amanheceu sem sua decana árvore em frente ao prédio.

Vários prefeitos passaram por Itororó e nenhum deles ousou derrubá-la, com exceção do ex-prefeito Adroaldo que iniciou seu governo dizendo que transformaria Itororó num canteiro de obras, que para cada obra construída ele plantaria uma árvore na cidade, à época, (pensei comigo) Itororó vai se transformar numa nova Amazônia, -ledo engano- meses depois, o governo do galo estava passando a motoserra nas árvores da rodoviária.

Recebi umas fotos agora, onde a árvore da prefeitura sofrera o mesmo golpe; às vésperas da virada do ano, Adauto decepa a única árvore que faziam sombra na área da prefeitura.

Não bastasse o governo viver sem fomentar uma política de plantio e replantio permanente na cidade e no campo, o espírito de Luis XVI, o rei que adotou a guilhotina para cortar pescoços na França de 1793, parece ter baixado em Adauto, de modo que os dentes afiados de uma motosserra “panhou” de prancha na árvore que contornava o prédio. Dessa forma, entendo que parece que o governo de Adauto tem algo em comum com o governo petista de Adroaldo.

Venho dizendo que eles estão se unindo politicamente; pelo menos em seus programas de governos eles estão afinadíssimos.

Árvore também é gente, Adauto.

 

 


| 12 comentários em HÁ MAIS DE 3 DÉCADAS PLANTADA, ÁRVORE DA PREFEITURA TOMBA AOS GOLPES DE UMA MOTOSERRA ANTES DA VIRADA


SAAE FINDA O ANO COM QUASE 200 MIL REAIS EM CAIXA E ADAUTO DESEJA UM FELIZ ANO NOVO À CIDADE, QUERENDO AUMENTO PARA A TARIFA DE ÁGUA

Milton Marinho

 

No último regabofe na casa do prefeito, oferecido a alguns vereadores antes do natal, além da celebração em função de um ano exaustivo de trabalho para botar a casa em ordem, Adauto e seus convivas já planejam um ano de 2018 com muito arrocho e aumento de tarifas.

Pra começar, o SAAE findou o ano com um superávit 200 mil reais em caixa. Mas o Governo da Cidadania de Adauto, não abre mão de arrochar a população com o aumento de água, onde, segundo um importante interlocutor do governo, durante o tal regabofe de natal, não falou outra coisa com um dos vereadores, senão sobre o famigerado aumento.

Se a situação está normalizada e sobra dinheiro nos cofres da autarquia, não sabemos o porquê dessa obsessão, onde, recorrentemente  vem à tona a ideia de aumentar a água. Definitivamente, não há motivo para governo querer arrochar ainda mais a população.

Esse Adauto é o raio da cilibrina.

Vamos ficar de olho em Adauto, sem esquecer os vereadores que, em sua maioria, voltarão do recesso turbinados para mostrar serviço.

 

 

 


| 4 comentários em SAAE FINDA O ANO COM QUASE 200 MIL REAIS EM CAIXA E ADAUTO DESEJA UM FELIZ ANO NOVO À CIDADE, QUERENDO AUMENTO PARA A TARIFA DE ÁGUA


ADAUTO NÃO ANTECIPA SALÁRIOS E FINAL DE ANO DOS FUNCIONÁRIOS SÓ VAI ACONTECER DEPOIS QUE COMEÇAR 2018

Milton Marinho

 

Aplicando a rigorosidade da lei, como determina a cartilha neoliberal do PSDB, o prefeito Adauto que deve ter partido para as paradisíacas praias da Costa do Descobrimento, (segundo os paparazzis de plantão), deixou a ver navios uma legião de funcionários que contava com a antecipação do salário para também gozar de um final de mais digno e mais justo, depois de um ano de trabalho árduo. Porém, o prefeito frustrou a galera e até agora não depositou a grana em suas contas.

A cidade tá um queixume só por parte daqueles que gostariam que o prefeito antecipasse, apesar de Adauto estar no direito de depositar até o dia 5 de janeiro, portanto, aqueles que esperam que o prefeito e sua turma “batam a passarinha” pela consideração, vão morrer donzelos. Assim, o final de ano só vai acontecer para muitos no início de 2018.

Vamos orar mais no ano que vem; erguer as mãos para o céu e botar o joelhos no chão para que o Pai faça Adauto olhar mais para os pobres e o ajude na grande mudança prometida, onde a primeira mudança será a de que o Senhor Jesus mude o coração do governo e os rumos da cidade.

Se bem que o governo de Adauto, que fechou o ralo da corrupção das administrações anteriores podia ter feito uma gracinha, né?

 

 

 


| 3 comentários em ADAUTO NÃO ANTECIPA SALÁRIOS E FINAL DE ANO DOS FUNCIONÁRIOS SÓ VAI ACONTECER DEPOIS QUE COMEÇAR 2018


2018 começa no dia 24 de janeiro

invuln

POR  · 29/12/2017

 

 

O ano político, claro, começa com o julgamento, com sentença razoavelmente previsível, do ex-presidente Lula no dia 24 de janeiro.

O mais provável  – resta sempre a esperança em algum nível de lucidez dos seres humanos – é que comece ali a experiência, inédita no Brasil, de uma eleição onde o conservadorismo pretende contar a possibilidade de uma disputa interna da direita, apenas.

Geraldo Alckmin, Rodrigo Maia, Henrique Meirelles e Marina Silva, entre si, crêem que travariam um “jogo de compadres”,  deixando que a mídia e a falta de tempo de televisão mantenham Jair Bolsonaro no patamar entre 15 e 20% do qual não se vislumbra possa sair.

Ciro Gomes, com os arroubos do seu individualismo, tem um ponto de partida mas não tem mostrado capacidade de somar, para que seja um ponto de chegada, infelizmente.

Lula continuará em campanha, independentemente do resultado do julgamento, até que possa medir os efeitos do trauma de ter-se o candidato com imenso favoritismo extirpado do processo eleitoral.

É ele que dará ao ex-presidente a observação necessária entre insistir, como deve fazer,  ou de indicar um candidato. Alguém que pode, até, começar de baixo, mas que terá a unção do “ele disse”. Só muito desespero poderia levar a uma decisão de prisão imediata de Lula, com consequências imprevisíveis, exceto na radicalização política que irá causar.

Há, portanto, um divisor de águas no julgamento do TRF-4, em Porto Alegre: ali decidir-se-á se teremos uma eleição democrática e livre ou se optarão por um processo de traumas sucessivos.

Atalhos para alcançar o poder são, sempre, caminhos cheios de despenhadeiros. O PSDB jogou fora uma vitória praticamente assegurada em 2018 quando resolveu apelar para o golpismo e é agora o mulambo que todos vêem.  Marina Silva, duas vezes “azarão” expressivo, cometeu um erro fatal ao emprestar-se a Aécio Neves no segundo turno de 2014 e é hoje um macarrão sem sal e sem molho, incapaz de agradar ou empolgar.

As candidatura de Meirelles e/ou Rodrigo Maia precisarão ser “inventadas” e podem “morrer” precocemente com a derrota da emenda da Previdência.  E não está fácil ser diferente disso, ainda mais porque, apesar do discurso oficial da “retomada da economia”, o panorama continua desalentador  quando sai dos jornais e vai para a poeira das ruas.

O povão observa e espera e as pesquisas dão sinal de que cai, até entre a classe média, o altar da Lava Jato e, com ele, a perspectiva de que se possa legitimar a exclusão de Lula.

Infelizmente, parte de uma autointitulada esquerda “purista” caminhou para um udenismo “cult” e reproduz, com punhos de renda, o discurso moralista de que se vale a direita para encobrir a exploração cruel que tem como projeto – mal se pode chamar assim – para o país.

Serão tempos muito duros, os meses de 2018 e precisamos conservar a cabeça lúcida e fria e manter os corações quentes.

Os índices obtidos por Lula, depois do massacre do qual foi vítima, mostram a força da memória da população.

Não somos nós, da classe média,  quem estamos mostrando a ela os caminhos que deve seguir. É ela, no seu instinto de sobrevivência, quem nos está ensinando.

 


| Deixe seu Comentário


 

 

 


| Deixe seu Comentário


FNDE libera recurso total de R$ 66 milhões para investimentos em Educação na Bahia

FNDE libera recurso total de R$ 66 milhões para investimentos em Educação na Bahia

Foto: Divulgação / FNDE

 

Cerca de 280 municípios baianos já contam desde sexta-feira (29) com os repasses de obras financiadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O repasse de R$66 milhões foi autorizado pelo presidente do órgão, Silvio Pinheiro, durante o evento “FNDE em Ação”, que aconteceu em dezembro na cidade de Salvador. Na ocasião, Pinheiro se comprometeu a encerrar o ano com todos os pagamentos de obras do estado concluídos. Agora as prefeituras já podem começar a investir na construção de creches e escolas, quadras poliesportivas, coberturas de quadras, podem adquirir ônibus escolares e equipamentos como brinquedotecas, mobiliários, kits de cozinha, toda parte de infraestrutura física e tecnológica. “Quando se faz uma gestão comprometida com resultados e com o público final da política pública, você consegue alcançar resultados eficientes. Mesmo num cenário de restrição orçamentária, nós conseguimos, neste um ano que estou à frente do FNDE, organizar a casa para encerrarmos o ano com todas as contas pagas. Não existe milagre nisso, existe comprometimento e zelo com as necessidades do povo brasileiro” declarou Pinheiro. Sobre 2018, o gestor ressalta que será um ano de “muitas oportunidades para os gestores municipais”, mas que isso só será possível se todas as contas dos investimentos de 2017 sejam prestadas corretamente. Só desta forma os municípios continuarão aptos a receber os incentivos fiscais.

 

 

Bahia Notícias


| Deixe seu Comentário


SARGENTO WASHINGTON VAI A CASAMENTO DE LUXO E DESFILA DE LIMUSINE QUE PERTENCEU AO CANTOR MICHAEL JACKSON EM SÃO PAULO

 

Milton Marinho

 

O policial aposentado e taxista, Sargento Washington, um dos nomes ativos de nossa política viveu em são Paulo, maior cidade do país, uma espécie de noite das arábias.

Rigorosamente a caráter, como manda o figurino, Washington e sua esposa Ana foram padrinhos de casamento de Leticia e Sandro na capital paulista.

Sargento Washington e Ana, viveram um conto de fadas, curtindo por demais a experiência de um mercado luxuoso de festas de casamentos. Segundo Washington o que mais encantou ele foi o passeio de limusine americana, uma relíquia adquirida por um empresário paulista e que pertenceu ao finado Michael Jackson, depois de ter ficado encantado com a exuberância do salão da festa, com comidas, bebidas variadas e muita música.

Ainda de limusine, o sargento curtiu a noite paulista até altas horas, Os casais, padrinhos e nubentes desfilaram pelas ruas de São Paulo. Segundo o sargento, o acontecimento, foi para ele a realização de uma fantasia, um sonho de criança que aconteceu 50 anos depois.

Mais feliz que pinto no lixo, diante de muita pompa, luz e extravagância, o sargento viveu um feliz natal e um final de ano perfeitos.

 

 


| 18 comentários em SARGENTO WASHINGTON VAI A CASAMENTO DE LUXO E DESFILA DE LIMUSINE QUE PERTENCEU AO CANTOR MICHAEL JACKSON EM SÃO PAULO


Página 3 de 15912345...102030...Última »

  • Últimos Comentários

    • LUIS CLÁUDIO: Tô fora de Adauto, de Marco e de Adroaldo. Aonde Marcelo Andrade for eu vou com ele, ele éra o único...
    • anonimo: com miseria eu ainda voto nos candidatos de Marco Brito pelo menos ele é melhor que esse Adauto que não dá...
    • Zé Perequeté: Cambada de feladaputas que colocaram Itororó no cú do rato. Todos safados que só meteram a mão na grana...
    • Elias: Corrigido! Para o céu, não bosta.
    • Elias: Esse José, deve ser um comedor de feira na época Marco Brito. José, pelo visto vc não sabe nada de política,...
    • Edcarlos Locutor: Em 12 anos de mandato,Marco não fez o que Adroaldo fez em 4 anos. Mas tem a sua Marca na política...
    • Ricardo da Urbis: Esses dois ai não vão pra lugar nenhum mais ,do jeito que ele fizeram com Itororó deixaram a...
    • Lucineide: Como já se conversa em Itororó em que Marco Brito pode apoiar Rosemberg e Adroaldo apoiar Sergio Brito, e...
    • macinho lima: O votos da maioria do povo de itororó hoje é de Adroaldo, ele foi o cara que quando o Wagner estava no...
    • Lidinha: O que Marco Brito perde sem Marcelo nada ate porque ele e nem Marcelo tem mais voto em Itororó e nos...