ITORORÓ, TERRA DE…

 

Resultado de imagem para TERRA SEM LEI

Wildeberg Rodrigues

 

Há poucos dias meu filho foi assaltado na praça central (jardim), seis outros assaltos se seguiram, Keive teve a moto roubada na porta de casa, sempre no centro, nos últimos dias Antônio “cozinheiro” foi assaltado e espancado, o Correio assaltado; as barracas da feira, roubadas; hj na alameda à luz do dia, 17:30, outro assalto; agora a noite mais um, eu me pergunto o que está acontecendo com Itororó, virou terra sem lei, sem ordem, sem justiça?  Por que se tornou tão fácil roubar e assaltar aqui, por que bandidos estão se deslocando para fazer a festa em nossa cidade? Há algo de muito errado acontecendo, estamos inseguros, será que vai ser preciso uma grande desgraça para que alguma atitude seja tomada?

Com a palavra Srs Vereadores, Prefeito, Polícias Civil e Militar, Promotoria Pública. Nos dêem uma resposta, de preferência que não seja apenas no grupo ou no Blog e sim uma resposta efetiva.

ITORORÓ ESTÁ CANSADO! CHEGA DE IMPUNIDADE, CHEGA DE VIOLÊNCIA. BASTA!

 

 


| 10 comentários em ITORORÓ, TERRA DE…


IEMANJÁ E COISINHA: CAUSOS E FATOS DE ALMIR PORTELA

 

Imagem relacionada

IEMANJÁ

 

Nas praias limpas e lindas no Paraíso chamado Condomínio Águas de Olivença, município de Ilhéus será contado minha experiência com Iemanjá.

Tudo começou como uma brincadeira sem nenhuma intenção ou importância. Costumo levantar por volta das 05h00, e como sou apaixonado pelo sol e como somos íntimos, eu o chamo de Astro Rei, pego o celular e vou fotografar meu amigo acordar, as vezes ele acorda de bom humor e espalha sua alegria para todos, outras raras vezes ele acorda mais tarde meio ranzinza brigando com umas nuvens mal dormida, querendo impedir seu brilho, e ele sempre ganha esta batalha. Voltando a Iemanjá, estava esperando o meu amigo acordar, e pensei: se Iemanjá é realmente a rainha do mar, vou conversar com ela, eu estava distante da água uns dez metros, eu olhei para os lados e como estava sozinho, tomei coragem e perguntei: se és a rainha do  mar molha meus pés. Feita a provocação continuei a fotografar o Astro Rei, já que a maré estava a dez metros, de repente senti os dedos dos pés sendo molhados, tomei um susto, pois, não esperava novamente a água que veio mais forte molhando meus pés na sua totalidade, não sei por que, mas parei com a brincadeira. Outro dia faço o mesmo roteiro, só que desta vez fiquei um pouco balançado, cheguei comendo biscoito de maisena; comi um e ofereci outro a ela, joguei na água e boiou um pouco, em seguida o biscoito voltou dividido em quatro partes iguais parando a um metro de onde eu estava; como sou leigo, não sei o que significa, achei engraçado, com respeito me afastei e fui pra casa, fiquei pensando o que ela queria me dizer com aquele sinal, pois bem, uma semana depois voltei a Águas de Olivença, e me esqueci de ir ao mar, só indo três dias depois, chegando lá fiz a mesma pergunta e que ela molhasse meus pés, fiquei afastado da água uns cinco metros, depois afastou mais ainda, conversando com minha irmã sobre isso, ela me disse que Iemanjá estava com raiva por eu só ter ido lá três dias depois, será? Perguntei: o que faço então? Ela me disse que Iemanjá gosta de perfume (Alfazema principalmente), leva para ela assim que você chegar, tá bem, farei isso. Voltei e fui à praia e esqueci de comprar a Alfazema, mas levei meu desodorante, chegando lá, pedi desculpas e falei que tinha trazido um perfume, não era Alfazema. Se me desculpou lave ao menos um dedinho, tinha uns dez metros da água, quase que imediatamente recebi mansamente um pouco de água, aproveitei e lancei diversos jatos de desodorante na água, e Ela me mandou mais água molhando os pés. Percebi que fizemos as pazes, e agora não tem mais brincadeiras. É SÉRIO.    Leia Mais


| 7 comentários em IEMANJÁ E COISINHA: CAUSOS E FATOS DE ALMIR PORTELA


ADAUTO “COME MOSCAS” E ITORORÓ PERDE PRAZO PARA REGULAMENTAR LEI DO ISS, DEIXANDO O MUNICÍPIO SEM RECEITAS IMPORTANTES PARA O ANO DE 2018

 

Milton Marinho

 

O Governo da Cidadania de Adauto, preocupado em traduzir em receita tudo o que toca; se não foi fruto da incompetência habitual dos meritocráticos de sua confiança – e não da sociedade – vê-se que o governo comeu moscas na missão de governar que mais lhe apetece: arrecadar.

Dissecado por um especialista que aponta direção para a crise que afeta as receitas municipais e a desconcentração das receitas do ISS são fatores que garantem a urgência e deixam os gestores municipais otimistas com as mudanças geradas pela Lei. E tem levado os gestores municipais a estudarem todas as alternativas para promover a adequada regulamentação desta importante fonte de receita. Especialmente, depois da derrubada dos vetos da Lei em maio último.

Com a mudança de local de pagamento de serviços de administração de cartões, leasing e planos de saúde,etc.  Com isso, os gestores municipais esperam aumentar a sua arrecadação nos próximos meses, é o que afirma um dos responsáveis intelectuais das principais alterações na Lei, o consultor tributário Eudes Sippel da GTM Consultoria.

O consultor explica que para isso será necessário regulamentar nas legislações municipais as modificações promovidas pelo Congresso.

Segundo a autoridade, o desafio é propor um texto que promova as inovações na lei do Município e garanta a publicação até o dia 02, de outubro (ontem) para que todos os efeitos possam se tornar realidade já a partir do início de 2018.

Embora algumas modificações após aprovação na legislação municipal já possam ter efeitos ainda este ano, na prática as modificações que tratam das mudanças na cobrança do ISS devem se estabelecer somente em 2018.

O cenário tem sido de muito debate interno nas administrações tributárias municipais para regulamentação e o foco das administrações tributárias neste momento está em promover as alterações e garantir segurança jurídica e controles adequados junto ao contribuinte.

Vale salientar que o ISS é parte integrante do Código Tributário Municipal que também teria a mesma data de 02/10 para aprovação na câmara municipal de Itororó, isso acarretará ao município um imenso prejuízo por não poder arrecadar no ano de 2018 esse tributo e outros advindos da reforma tributária, além de caracterizar a temerária renúncia de receitas, que pode dar rejeição de contas do gestor e outras penalidades.

 


| 10 comentários em ADAUTO “COME MOSCAS” E ITORORÓ PERDE PRAZO PARA REGULAMENTAR LEI DO ISS, DEIXANDO O MUNICÍPIO SEM RECEITAS IMPORTANTES PARA O ANO DE 2018


DILSON BRACIN CONFIRMA BOICOTE DE VEREADORES A LEITURA DE PROJETO DO GOVERNO

 

Milton Marinho

 

Em entrevista ao radialista Rubinho Cordeiro nesta segunda-feira, o vereador Dilson Bracin assumiu a autoria da articulação para que a leitura do projeto do governo de Adauto não encontrasse respaldo para posterior aprovação em regime de Urgência urgentíssima.

Depois da Comunicação da Câmara ter anunciado que o motivo de não ter havido a sessão da semana passada por motivo de doença de seis vereadores que não se apresentaram a casa legislativa e que os mesmos apresentaram atestados médicos.

O vereador Dilson foi categórico em afirmar que parte dos vereadores faltou por lealdade à sua proposta de retaliação ao governo de Adauto que, segundo ele, não tem respeito pelo rito da casa e pelos vereadores.

Dilson disse que ele, pessoalmente, telefonou para alguns vereadores para não comparecer à Câmara Municipal. Por conseguinte, conclui-se que o comunicada da casa legislativa de que estava de posse dos atestados foi um blefe.

Por fim, se Adauto depender da maioria para aprovação de projetos, daqui por diante, com Dilson o rebelde de Itati, capitaneando movimentos dessa natureza, o governo que já não anda bem das pernas, pior vai ficar.

Mas tudo isto acontece pela soberba de Adauto em negligenciar a política em detrimento da gestão; o que não sabe fazer nem um nem outro.

Adauto está feio na fita com os vereadores e não de agora.

 


| 12 comentários em DILSON BRACIN CONFIRMA BOICOTE DE VEREADORES A LEITURA DE PROJETO DO GOVERNO


MIRO MARQUES ESTREIA COLUNA NO BLOG E CONTA A HISTÓRIA DE NOSSO POVO

 

 

 

Fugindo um pouco das informações fantasiosas do Planalto Central de agora, quero falar de um passado glorioso que traz belas recordações aos mais velhos e, certamente, novas informações a esta juventude que não teve a felicidade de viver o belo tempo de ação que nós, os mais velhos, vivemos quando atuavam na Assembleia Legislativa da Bahia e na Câmara dos Deputados em Brasília os nossos queridos parlamentares Naomar Soares de Alcântara e Henrique Brito Filho respectivamente, num período de glória que representou a alegria dos bisavós, avós, pais e concidadãos de um feliz tempo, quando eles escreveram maravilhosas páginas na história política desta região.

No meu entender se fossemos escrever artigos políticos para este Blog, nesse período em referência, necessariamente, necessitaríamos de alguns lenços engomados e perfumados para revezar nas mãos nos protegendo as narinas do péssimo odor exalado dos ventiladores dos meios de comunicação nos horários de notícias. Estou convencido de que “este horário noticioso” estar sendo usado de forma irritante que só nos provoca náuseas e mal estar.  Porque o que se ouve e se ver são ridículos resíduos de um lixo humano, horroroso, guardado durante anos para ser espalhado no ar dos nobres ouvintes e telespectadores, que são responsáveis diretos pela escolha dos melhores nomes para dirigirem os destinos dos nossos municípios, estado e Federação. Mas é preferível que aqueles que enjoam fácil, com odores desagradáveis,  desliguem os seus aparelhos de rádio ou TV, no horário de notícia, a fim de não ouvir aqueles que pretendem ocupar ou continuar ocupando cargos eletivos para evitar o que todos já sabemos, porque estas coisas quanto mais se mexe, mais espalha aroma ruim no ar.

Eu prefiro falar de cidadãos que tudo fizeram para colocar nossa região nas sendas do progresso e ajudaram construir cidades lindas e maravilhosas como as nossas queridas  Itororó , Itapetinga e tantas outras da região do Médio Sudoeste das Bahia…

Refiro-me, nesse instante, aos queridos parlamentares: Henrique Brito Filho e Naomar Soares de Alcântara, deputado federal e deputado estadual, respectivamente, que empunhando as bandeiras de Itororó, Itapetinga e da Região do Médio Sudoeste da Bahia, tombaram sem vida naquele fatídico acidente aéreo de 01 10 1982.

Já são 35 anos sem Henrique e Naomar, mas o povo não esquece o que eles representaram para o desenvolvimento da região sudoeste e de todo Estado da Bahia com as suas indeléveis ações políticas. Leia Mais


| 7 comentários em MIRO MARQUES ESTREIA COLUNA NO BLOG E CONTA A HISTÓRIA DE NOSSO POVO


LULA DISPARA E VAI A 35% NO DATAFOLHA MESMO APÓS SER CONDENADO

Roberto Stuckert Filho
247 –
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se mantém na liderança da corrida presidencial, com grande vantagem sobre os principais adversários, segundo nova pesquisa do Datafolha, divulgada neste sábado. O petista, condenado em primeira instância pelo juiz Sergio Moro, tem pelo menos 35% das intenções de voto nos cenários testados.

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) e a ex-senadora Marina Silva (Rede) empatam em segundo lugar. Ele oscila entre 16% e 17% e ela varia entre 13% e 14% nos cenários com o ex-presidente no páreo.

Geraldo Alckmin e João Doria, ambos do PSDB, apresentam desempenho equivalente na disputa com Lula, Bolsonaro e Marina, segundo o levantamento. O governador de São Paulo e o prefeito da capital alcançam 8% das intenções de voto. Doria tem viajado pelo país tentando aumentar seu grau de conhecimento e apostando que com isso poderá subir nas pesquisas, mas isso até agora não se concretizou.

Nos cenários testados para eventual segundo turno, Lula pela primeira vez vence todos os adversários. A exceção é um hipotético confronto com o juiz Sergio Moro (que tem descartado concorrer a presidente), em que há empate técnico.

A pesquisa, que será publicada na edição da Folha deste domingo (1º), foi feita na quarta-feira (27) e na quinta (28). O Datafolha realizou 2.772 entrevistas em 194 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

 

 


| 5 comentários em LULA DISPARA E VAI A 355 NO DATAFOLHA MESMO APÓS SER CONDENADO


LADRÕES ROUBAM GADO DA FAZENDA DE FAMÍLIA DE GEDDEL EM MAIQUINIQUE

Marcelo Camargo/Agência Brasil: <p>Brasília - O Ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, durante reunião com líderes partidários da Câmara dos Deputados. (Marcelo Camargo/Agência Brasil)</p>

247Bahia

 

Assaltantes invadiram a fazenda pertencente a família do ex-ministro Geddel Vieira Lima, no município de Maiquinique, no Sul da Bahia, e levaram cerca de 25 cabeças de gado; caso foi denunciado à polícia que trabalha com duas linhas de investigação: a primeira é que o caso tenha relação com a invasão da fazenda Potiraguá, também da família de Geddel, ocupada recentemente  por índios; a segunda hipótese é de que o caso tenha ver com suspeitos que assaltam fazendas da região

 


| Deixe seu Comentário


IN MEMORIAM: O AGROPECUARISTA ABDON FERREIRA BORGES FARIA 117 ANOS EM 01 DE OUTUBRO

Abdon nasceu em Jequié-ba em 01 de outubro de 1900, filho do casal Joaquim Romão Ferreira e Maria Augusta Borges, em meados da década de 20 muda-se para a região do antigo distrito Itapuy, mas precisamente na Cabeceira do Rio do Meio, onde trabalhou ardualmente em lavouras diversas e na criação de animais, mas tarde se tornou proprietário rural tanto na região do Rio do Meio, como em Palmares distrito de Itapetinga. em dezembro de 1929 foi nomeado 1º escrivão de policia do distrito de Itapui pelo delegado da época do termo de Itabuna, o sr. Antônio pereira de Matos.

Abdon Borges fez parte da Loja Maçonica de Poções em 1948, residindo em Poções por uns tempos. Deixou um grande legado de honestidade para seus filhos e filhas como para toda a sociedade itororoense; deixou bens para ser partilhados entre seus 21 filhos e não deixou dívidas.

Em 2001 teve o seu nome  homenageado em uma rua da nossa cidade nas proximidades do antigo matadouro municipal pelo prefeito da época o sr. MARCO BRITO. Já se passaram 20 anos do seu falecimento, e a sua memória permanece viva através de sua família, amigos, e de um  cidadão que viveu seus 96 anos e 6 meses de maneira honrosa que buscava sempre o progresso. faleceu no dia 18 de abril de 1997 de causas naturais no HOSPITAL E MATERNIDADE DE ITORORÓ, foi velado em sua residencia na rua 2 de julho nº 135, no centro e o sepultamento foi realizado no cemitério São João Batista em sua cidade natal Jequié a seu pedido.

 

POR RUY BORGES


| 2 comentários em IN MEMORIAM: O AGROPECUARISTA ABDON FERREIRA BORGES FARIA 117 ANOS EM 01 DE OUTUBRO


DILSON BRACIN QUER FORMAR BLOCO DE OPOSIÇÃO DURO PARA PRESSIONAR O GOVERNO A CUIDAR DA POPULAÇÃO

 

Milton Marinho

 

O aguerrido vereador de Itati, Dilson Bracin tem sido destaque na casa legislativa como o seu modo destemido de pautar para o governo municipal os reclames da população.

Vendo que o seu trabalho e dos demais colegas têm sido jogado na lata de lixo, pois, o Governo da Cidadania de Adauto não deu até agora o ar da graça para com suas indicações, Dilson resolveu radicalizar a proposta convidando vereadores que ele considera sérios para montar um verdadeiro cerco contra Adauto, através de um bloco de oposição afim de botar freio no desleixo que Adauto está tendo com eles e com a população do município.

O objetivo do bloco é ser mais diligente com a fiscalização no governo e bater firme condenar os projetos de urgência urgentíssima que Adauto envia para a câmara, impondo a exceção do rito como regra dos trabalhos da casa, além de, pela incompetência geral dos governantes, promover um pedido de CPI para investigar o governo, face às anomalias de casos que depõe contra o erário na administração.

Pelo jeito, o iletrado Dilson está com todo gás para justificar a “merreca” que ganha. Adauto que se cuide.

 


| 9 comentários em DILSON BRACIN QUER FORMAR BLOCO DE OPOSIÇÃO DURO PARA PRESSIONAR O GOVERNO A CUIDAR DA POPULAÇÃO


AO SALVAR AÉCIO, O PT PERDE A OPORTUNIDADE DE MOSTRAR QUE APRENDEU COM OS ERROS DO PASSADO. POR JOAQUIM DE CARVALHO

Joaquim de Carvalho

 

O PT é alvo de uma das maiores campanhas de perseguição já desencadeadas na democracia brasileira. Fazem com o partido o mesmo que foi feito com Getúlio Vargas, João Goulart e, em certa medida, também com Leonel Brizola, e pelas mesmas razões: para destruir lideranças políticas conectadas aos interesses das classes populares.

O PT deve seu crescimento a esse eleitor anônimo que enxergou no partido seu representante legítimo.

Lula parece ter compreensão nítida desse fenômeno e, por isso, quando pressionado, se aproxima mais daqueles que veem nele o líder efetivo.

Eu era repórter do Jornal da Record, em 2005, quando estourou o escândalo do mensalão e cobria as viagens de Lula, na época presidente da república.

Quanto mais a imprensa batia no PT — e nele particularmente — por causa do mensalão, mais Lula viajava pelo país, em eventos do governo.

Raramente dava entrevista.

Mas fazia discurso, muito discurso, com uma interlocução direta com o eleitor. Nós éramos obrigados a transmitir a fala do presidente, por interesse jornalístico.

Estratégia perfeita.

Uma vez, no lançamento da obra de duplicação de uma estrada no Rio Grande do Sul, me aproximei dele e pedi: “Presidente, me concede uma entrevista?”

Lula foi simpático, mas não deu entrevista. Olhou para as pessoas que estavam no alto de um vale, o aplaudindo.

“Deixa primeiro eu falar com meu povo”,disse.

Subiu o vale, quase escorregando, e, para incômodo de seguranças, se aproximou dos manifestantes. Abraçava e era abraçado. Eu vi que ele tirava desse contato sua força política. Parecia verdadeiro.

Faço esse relato para lembrar que, ao mesmo tempo em que se agiganta na aproximação com o povo, o PT diminui quando tenta fazer a política no velho estilo, se unindo a caciques para manobras de bastidores.

É o que está acontecendo na questão de Aécio. Leia Mais


| Deixe seu Comentário


Governo prioriza PT e provoca rebelião no PP ao deixar partido ‘à margem’

Resultado de imagem para governador rui costa

por Bruno Luiz

Governador tem provocado ‘ciumeira’ na sigla | Foto: Manu Dias/ GOVBA

 

Partido comandado na Bahia pelo vice-governador João Leão, o PP está ensaiando uma rebelião contra o governador Rui Costa. De acordo com informações obtidas pelo Bahia Notícias, os deputados estaduais da sigla têm demonstrado “grande insatisfação” com o tratamento dispensado a eles pela administração petista. E as retaliações provenientes deste motim já começaram.

Na sessão da última terça-feira (26) na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), a bancada da sigla, composta por cinco parlamentares, se negou a votar um projeto de lei do Executivo e não compareceu à sessão, contribuindo para que ela fosse derrubada por falta de quórum. Segundo figuras do partido ouvidas pela reportagem, os deputados estão se sentindo “à margem” do governo Rui Costa. Eles têm reclamado que o governador “atende muito ao PT e esquece que o governo não é só o PT”, conforme relatos colhidos pelo BN. Além disso, existe uma certa ciumeira na forma célere como pleitos do PSD também vem sendo atendidos, em detrimento a outras siglas da base aliada. “Os outros não têm tido atenção devida. A gente quer estar com o governo, mas o governo não liga. O governador tem apenas se preocupado com ele, com o governo dele. Vivemos um momento muito difícil. A gente sabe que o governador tem sido muito sereno nas suas posições, que existem as prioridades no governo. A base tem sido compreensiva com o governo. E o governo, na hora de priorizar, só prioriza a turma do PT e do PSD”, contou uma fonte, que afirmou também que a retaliação de terça foi apenas um “recado” ao governador. Um outro progressista chegou a denunciar que o governo tem contabilizado como emendas impositivas recursos que não são de emendas e disse que a insatisfação é generalizada na base. “A gente está expondo a realidade. Vamos alertar para o governo que a gente existe, que precisa fazer um carinho. A gente vai prestigiar o governo, quando chega lá, deputados do PT entregando caçambas, tratores. Nós servindo apenas para bater palma. Queremos participar das benesses”, reclamou um parlamentar.

 


| Deixe seu Comentário


CAUSOS E FATOS DE ALMIR PORTELA

 

Imagem relacionada

Almir Portela

 

Aula de matemática

No dia 23 de setembro de 2017, sábado, sair para ir ao centro da cidade para comprar alguns itens de uso pessoal e para a casa também, já que ultimamente não estou dirigindo por conta do acidente que quebrei o braço, chamo meu vizinho para que me leve ao destino, e assim foi feito, paramos numa loja de moveis e lá compramos o primeiro item, para ser mais explicito, um armário pequeno, que será levado para Águas de Olivença, passo no banco, para fazer um saque, daí fomos a uma determinada farmácia, no trajeto para numa loja de artigos de ferragens, cujo nome é sugestivo O Ferragista, como os produtos estão expostos, foi fácil de identificar o que eu queria, o atendente se apresentou e educadamente perguntou se eu já tinha escolhido algum objeto, ou precisasse de ajuda, eu apontei para a prateleira e perguntei se aquele produto que eu queria, com o preço de R$ 11,00 não poderia ser no valor de R$ 10,00 e prontamente concordou ai eu pedi 5 unidades que daria um total de R$ 50,00 ai começou a aula de matemática que talvez só ele conhecesse. Vejamos como foi: Ele parou, pegou uma calculadora, fez alguns cálculos e me disse que não podia me vender as 5 unidades por R$ 50,00, pois segundo seus cálculos, o valor das 5 unidades daria o valor de R$ 55,00, com um desconto de 5%, ficaria por R$ 52,25, eu fiquei sem entender, pois ele me venderia uma unidade por R$ 10,00, como eu queria 5 unidades, o valor total é lógico, R$ 50,00, ele questionou e disse que assim tomaria um prejuízo de R$ 2,25, fiquei sem entender nada, pois uma unidade me custaria R$ 10,00 como eu queria 5 unidades, eu multipliquei por 5 e o resultado seria de R$ 50,00, ele foi categórico em me dizer que uma unidade me venderia por R$ 10,00, mais 5 unidade seria R$ 52,25. Voltei a questionar, quer dizer que uma unidade você me vende por R$ 10,00 e as 5 unidades não podia ser vendido, perguntei se aquela matemática era dele ou da loja, como ficou esse impasse, dei boa tarde e não comprei. Passei em outra loja e perguntei se tinha o produto que eu queria, o balconista disse que não tinha e me indicou O Ferragista, eu falei que realmente tinha só que a matemática praticada lá era impossível comprar, ele deu uma bela gargalhada quando contei o episodio.

 

Loja de Calçados

Hoje acordei com o arquivo de memória bem diversificado, devagarzinho fui montando as peças para escrever mais um causo, foi exatamente alguns anos e pouco que ocorreu este fato. Nesta época a cidade apesar de poucos habitantes, o movimento nas lojas, principalmente se tivesse festa, era muito bom, os lojistas faturavam com suas vendas e o lucro era aplicado em suas residências, ou em reformas ou construindo, o personagem de hoje é o Sr. Osvaldo, comerciante do ramo calçadista, com produtos de qualidade que atendia todas as classes sociais, vendendo à vista com desconto e no crediário com o preço normal, era fácil negociar com ele, eu por diversas vezes era quem dava o preço dos calçados, exemplo: Osvaldo, quanto custa essa sandália? Respondia R$ 65,00, e eu falava, só tenho R$ 50,00 ele relutava um pouco, mas não perdia a venda, era um comerciante muito esperto, sempre que eu podia passava em sua loja para um dedinho de prosa, por sorte minha presenciei uma conversa entre Osvaldo e um de seus clientes, mais ou menos assim, o cliente era da roça, como ganhava pouco, faltou alguns mantimentos alimentícios para sua casa, foi até a loja de Osvaldo e foi direto ao assunto, Sr. Osvaldo, vim aqui pra o senhor me emprestar um dinheiro, antes do cliente concluir a proposta Osvaldo falou pra ele; “Meu amigo, não posso fazer isso, pois fiz um trato com o banco, nem ele vende calçado e nem eu posso fazer empréstimo, cada um com o seu comercio”. Eu sai de mansinho pra não rir. Osvaldo era um Mestre na arte de negociar.

 


| 1 comentário em CAUSOS E FATOS DE ALMIR PORTELA


Página 20 de 159« Primeira...10...1819202122...304050...Última »

  • Últimos Comentários

    • LUIS CLÁUDIO: Tô fora de Adauto, de Marco e de Adroaldo. Aonde Marcelo Andrade for eu vou com ele, ele éra o único...
    • anonimo: com miseria eu ainda voto nos candidatos de Marco Brito pelo menos ele é melhor que esse Adauto que não dá...
    • Zé Perequeté: Cambada de feladaputas que colocaram Itororó no cú do rato. Todos safados que só meteram a mão na grana...
    • Elias: Corrigido! Para o céu, não bosta.
    • Elias: Esse José, deve ser um comedor de feira na época Marco Brito. José, pelo visto vc não sabe nada de política,...
    • Edcarlos Locutor: Em 12 anos de mandato,Marco não fez o que Adroaldo fez em 4 anos. Mas tem a sua Marca na política...
    • Ricardo da Urbis: Esses dois ai não vão pra lugar nenhum mais ,do jeito que ele fizeram com Itororó deixaram a...
    • Lucineide: Como já se conversa em Itororó em que Marco Brito pode apoiar Rosemberg e Adroaldo apoiar Sergio Brito, e...
    • macinho lima: O votos da maioria do povo de itororó hoje é de Adroaldo, ele foi o cara que quando o Wagner estava no...
    • Lidinha: O que Marco Brito perde sem Marcelo nada ate porque ele e nem Marcelo tem mais voto em Itororó e nos...