WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Itororó

ADAUTO DESISTE DA DISPUTA PARA REELEIÇÃO E LANÇA CHAPA COM PAULO RIOS E MARCÍLIA

Milton Marinho

 

Há poucos meses da eleição, o prefeito Adauto reuniu na noite desta segunda-feira os seus correligionários e anunciou que não será mais candidato a prefeito de Itororó.

Alegando desgaste do mandato e muita dor de cabeça dentro da gestão. O prefeito cumpre o que prometeu antes de se tornar prefeito da cidade. “Se eu ganhar a eleição, ficarei só no mandato de quatro anos”. Promessa cumprida.

Até o momento, não se sabe o motivo real da desistência do prefeito, pois, ele vinha a todo vapor fazendo sua pré-campanha, de modo que surpreendeu a todos ao jogar a toalha na noite de hoje.

Pontuando bem nas pesquisas, o prefeito anuncia seu substituto, o vice Paulo Rios e a sua secretária de saúde Marcília como candidata à vice na chapa.

13 Comentários

  1. Causou estranheza, uma vitória do combativo Dr. Lopes que foi um incômodo para atual administração, ou Adauto sonha com vôo mais alto, como se especula: deputado

  2. *A VERDADE por trás da Desistência:*

    A população de Itororó e região se assustou com a notícia, na tarde de 01 de Junho de 2020, de que o atual prefeito da Cidade, o Sr Adauto Almeida, recuara perante o desafio de se candidatar à reeleição para o Pleito Municipal desse ano de 2020. As perguntas e dúvidas foram muitas, afinal, o que levou ao mesmo tomar tal medida tão drástica e radical? Ora, ora, no mínimo estranho tudo isso…

    Relembremos alguns fatos: a verdade é que o atual Prefeito, que ganhaste com a maioria esmagadora de votos, frente à todos os seus candidatos na eleição passada, sendo todos caciques políticos da cidade e ex prefeitos, sem apoio nenhum em sua campanha e sem vínculos obscuros com quem quer que seja, tinha tudo para entrar e arrasar, fazer as coisas com sua cara, do seu jeito, sem amarras ou conchaves políticos. Poderia valorizar aqueles que mais o ajudaste na Campanha e premiá-los com cargos de simples a robustos, mas com muitos não aconteceu. Pode ter sido o certo, aliás o mesmo não prometeste nada a ninguém em campanha, então a solução seria premiar os munícipes pela “meritocracia”. Isso sim, foste promessa de campanha. Também não aconteceu. Ora, bolas, o que decidiu fazer então? Muito fácil a resposta: preferiu trazer algumas raposas da velha política para fazer parte do governo, fez acordo com ex secretários com condutas, no mínimo, duvidosas de Governos anteriores e com Vereadores da oposição para atingir a “maioria da Câmara”, se queimou perante à Sociedade, encostou no Deputado Estadual, Senador e Governador do seu partido político rival, o PT, traindo os princípios de seu partido, até então PSDB, depois abandonando o mesmo, mudando de legenda, tudo isso para criar forças para uma futura reeleição, se fortalecendo com a base do Governo Estadual e enfraquecendo o seu maior rival na política local, o ex-Prefeito Adroaldo. Uma tacada de mestre… era o que ele pensava. Mas aí veio a conta! As escolhas mal feitas do passado surgem como um fardo: os apoiadores mais ferrenhos na política passada, traídos muito antes de sua posse, hj são seus piores inimigos. As escolhas mal feitas das Secretarias, trazem reflexos negativos em sua caminhada para a campanha. Não se vê um evento cultural na cidade, além de festas com gastos exorbitantes de São João, Aniversário da Cidade, São Pedro de Itati e Dia das Mães em Rio do Meio, com pouquíssima valorização de artistas da terra e deixando de lado a tradição nordestina que é o forró, substituindo por ritmos musicais outros, que nos deixa até em dúvidas se é música realmente. O que mais fez a cultura? Aliás, isso é Cultura? Não se vê um Festival de Poesia, um Desfile Cívico de Sete de Setembro, um Show de Talentos, um incentivo aos Artistas Locais, nas diversas áreas que temos na Cidade: Música, Poesia, Artesanato, Artes Marciais, Pintura… E não pára por aí. Se formos avaliar a Educação temos problemas sérios que se inicia até na escolha da Secretária: A digníssima primeira dama, ela mesmo. Educação essa onde não se viu a valorização do profissional, melhoria do transporte escolar ou merenda. Poucos projetos nas escolas, muitos cargos preenchidos sem o cuidado e responsabilidade que se devem ter, principalmente no que se diz respeito à educação de crianças, jovens e adolescentes. IDEB do Município lá embaixo, caindo, vários são os casos de pais que preferem matricular os seus filhos no Bandeira, uma escola de outro Município que não tem nada de tão diferente em relação às nossas daqui, exceto em duas coisas: Qualidade e zelo pela Educação. E a situação só não está pior por conta do Recurso do Precatório do Fundeb, onde o Município recebeu milhões para reforma de algumas escolas e aquisição material de suporte para os profissionais que ali trabalham, dando uma melhorada no cenário, mas longe de ser o ideal. Esse recurso caiu no colo da atual Administração. Aliás, não apenas esse da Educação. Não podemos esquecer da verba conseguida pelas gestões passadas proporcionando ao atual Gestor a conclusão e entrega de diversas casas Populares, no Bairro Gameleira e o Calçamento de diversas ruas nos bairros periféricos da cidade. Tudo com recursos de Gestões anteriores. Aliás, fico aqui me indagando: qual foi mesmo a obra que o Atual Prefeito fez na cidade por conta própria? Ah, deve ter sido a compra do novo Matadouro Municipal, na Fazenda Cabana da Ponte, por uma fortuna, e que, até hj, nós munícipes pagamos a conta todo mês com polpudas parcelas que teimam em se repetir e que não temos a mínima ideia de quando terminaremos de quitá-la por um “elefante branco” que nunca funcionou, nem nunca irá funcionar. De quem é essa conta, caro Prefeito? Ou seria a sua obra mais astuta, aquela invisível aos olhos do povo, mas cruel no seu bolso? Me refiro aos pagamentos absurdos de impostos, criminalmente abusivos de seu governo, alvarás com cifras incompatíveis com o poder aquisitivo de nossos comerciantes, contas de água altíssimas, tendo em vista o serviço precário que a autarquia do SAAE oferece para seus munícipes. E aí, pessoal do Rio do Meio, sua água está boa? Não se preocupem, essa triste realidade não se aplica apenas a vcs. E o que falar do esporte? Me coloca um Secretário que diz que a Seleção de Futebol da Codade não pode disputar o Intermunicipal, pois só tem perna de pau. Vcs se lembram dessa pérola? Pois bem, se esquece o dito cujo que, muito mais importante que o resultado esportivo de um grupo de jogadores, que por sinal nunca nos envergonharam em nenhuma competição que disputaram, tem o lado humano, econômico e social. Não se trata apenas de futebol. Para uma competição, existe comprometimento, disciplina, espírito competitivo, treinamentos dos jogadores. Oportunidade de estar representando sua casa, sua rua, seu bairro, sua cidade, sua família, mesmo que seja disputando uma competição amadora. Quantos não teriam e têm esse sonho? Só esse motivo já bastaria. Mas tem também o lado humano, o de afastá-los, eventualmente de coisas erradas que nos deparamos na nossa realidade, de dar um propósito para os mesmos. E a comunidade de nossa cidade, como ficaria? O prazer e o orgulho em chegar o domingo e encher nosso estimado Odilon Pompílio, acompanhar na Rádio a escalação, ouvir os melhores momentos, interagir, torcer, se emocionar… Ah, como é bom torcer por nossa seleção. Talvez até acompanhá-la nos jogos de outras cidades, sentar na arquibancada apertada e vibrar e torcer ao som do sambão. Não podemos também nos esquecer do lado econômico, dos inúmeros pais de família que ganhar seu trocado vendedo bebidas, pipoca, geladinho, picolé, doces… Que dinheirinho suado, mas honesto e prazeroso. E tudo vem do futebol. Mas quantas vezes mesmo a nossa Seleção participou do Intermunicipal? Ah, foi porque não teve o mesmo apoio de outros esportes… mas quais foram eles? Pelo visto, nenhum. Mas peraí! Tem que ter coisa boa nesse governo, não é possível! Deve ter sido na Agricultura ou no Meio Ambiente. Só que não. Nenhum projeto significativo, nenhuma árvore plantada, nenhuma nascente recuperada, nenhum projeto de conscientização. Nada em quatro anos, absolutamente nada. E a Secretaria de Ação Social? Essa é mais uma tragédia e que proporcionou o bordão mais carinhoso à atual gestão. O de “Governo do Não”. Nosso povo tão sofrido, pouca ou nenhuma assistência teve nesse período. Gente passando fome, mal assistidos, com direitos violados e pouco suporte técnico, seja por psicólogos, assistentes sociais ou demais funcionários da repartição. Na área de serviços essenciais, nossas ruas estão cheias de buracos, nossa feira entregue ao descaso, sem emprego, sem renda para o povo, a cada dia o sonho de um jovem é assassinado pela falta de perspectiva, sendo obrigados a saírem do aconchego do seu lar, em busca de oportunidade em cidades vizinhas ou até em outros estados. E sem perspectiva de volta ou melhora. Coitados! Na saúde não é diferente, mas nos deixou ainda mais espantados, já que o atual Prefeito é Médico, então, teoricamente, é a área que mais se destaca, tinha que dar show. Mas, infelizmente, não foi o que vimos. Para a pasta colocou uma pessoa até aceitável, mas que se provou fria no trato das situações que a Saúde precisa, pouco ativa, quase insignificante. Vejam, boa Enfermeira não significa, obrigatoriamente, boa Secretária, assim como um bom médico não se provou ser um bom Prefeito. Mas, enfim, mostrou despreparo com a falta de assistência ao enfermos de todo município, reposição de material hospitalar básico nos Postos de Saúde, trato indevido com a população em relação ao Combate e Controle da Pandemia do Covid-19. E olha que o Município recebeu 1.8 milhão para tal e o que fizeram? Emitir boletim diário da situação epidemiológica do município e “criar” uma barreira inoperante é muito pouco. É muita incompetência! Torçam pra não adoecerem, caros munícipes, pois a situação da nossa cidade está preta em relação aos serviços, inclusive os básicos, de saúde. Mas uma coisa fizeram bem: Celebraram e comemoraram feitos de terceiros em situações relacionadas à pasta, tentando trazer pra si todos os méritos. Vimos isso nas vezes em que o Vereador Valfrido trouxe a Feira de Saúde para a Sede e o Rio do Meio, na vez em que o Radialista Rubinho Cordeiro conseguiu com seu Deputado um recurso para aquisição de uma Van que daria assistência aos enfermos, com os recursos deixados da Gestão passada para melhorias no Hospital Municipal e as verbas conseguidas durante seu mandato por estímulo e esforço de outros. Dizem até que deixou de fazer várias coisas por ter perdido o prazo, deixando voltar o Recurso. Aí seria o ápice do absurdo. Voltar recurso? É isso mesmo? E a última pérola do Governo foi na semana passada, reunindo seus pares para, em uma Live, comemorar e apadrinhar de seu a aquisição de dois respiradores disponibilizados pela SESAB, devido à cobrança incessante do Deputado Rosemberg Pinto junto ao Secretário de Saúde do Estado e ao Governador Rui Costa. É muita cara de pau, mas estamos atentos. Roubalheiras, desvio de recursos, demissões e troca de funções entre diversos membros supostamente “de confiança” do Prefeito também dizem que aconteceu nos últimos dias. Parece que a situação interna da gestão não é tão serena e pacata como imaginávamos, afinal, onde há fumaça, há fogo!

    Diante desses fatos, observamos um governo desprovido de boas ações, que não pensa na classe mais necessitada e, muito provavelmente, também corrupto. A cronologia das ações nos levam a observar que o Prefeito fez de tudo para se manter no Poder e pensando em uma reeleição. Essa foi sua tendência até aqui, os fatos nos levam a crer sobre isso. Aí eu encerro lhes fazendo a seguinte indagação:

    *Teria o Prefeito desistido por estar cansado da política, ser humilde e solidário com seu vice Paulo Rios, ou só porque agiu como um bom samaritano mesmo, ou seria por que tem coisas obscuras no seu mandato que virão à tona e o mesmo pode se complicar ainda mais em seu mandato e/ou campanha política? Vide processo das GFIPS.

    Cuidado, Prefeito!

    1. O cidadão se intitula como pseudônimo de “falando verdade” mas não passa de falando besteiras ou merda. Como que uma pessoa passa horas escrevendo tanta besteira meu Deus. Vamos pra cima deles com Paulo Rios e Marília pois a nossa cidade não pode voltar para as maus dos gigolores do poder, pois é pra frente que anda agora é 11 na pisada na honestidade.

  3. Adauto não teve consideração alguma pelos seus correligionários. Fujao! Não aguentou pressão! GERFIP falou mais alto. Cadê o amor por Itororó?

  4. Caiu na real, percebeu que o mundo fantasioso só existia no vídeos, peça de marketing de Lucene com seus desvarios e ufanismo exacerbado. Alguns falam que Adauto é um bom Prefeito só que até hj não vi ninguém apontar uma grande obra, somente aquela trivial de um administrador

  5. É bom ficar atento para o fato de que, o caso da GFIP< ou desvio de milhões descontados dos funcionários da prefeitura, e não depositados na conta correspondente, na CEF, que já teve a última decisão do Juízo da comarca de Itororó, – como veiculado por esse blogue, semana passada, crendo que o prefeito deve ter agravado ao TJ, recentemente, (lembrando que a GFIP, é crime federal), como ia falando, o caso da GFIP, houve conluio entre o prefeito e o secretário de finanças, mesmo tendo este ficado de fora, o dito secretário de finanças, ele será chamado a responsabilidade também, na justiça pelo presidente da Câmara Municipal, em breve, talvez até o fim desse mês.

    Eu dou um acarajé apimentado com suco de cacau, se alguém adivinhar quem era o secretário de finanças do inicio da gestão desastrosa até outro dia, tendo ele, como responsável de toda saída de dinheiro das contas que a prefeitura tem nos bancos, que responder também, assim, como o prefeito, pelo desvio dos milhões da GFIP. Enfim, o secretário em questão e ora candidato a prefeito tem telhado de vidro, também..

  6. Mas uma vez o fantástico pisou na bola com a população, eu gostaria muito de saber o motivo, mas vida que segue, medo da derrota por esta enganado seus seguidores, porque Jonatas ganha disparado, pelo que vejo Paulo não merece má vai ter que pagar porque o Dr fugil
    .agoraé jonatas 25 25 25 neles

  7. VCS ESTÃO ESQUECENDO DA FERA DA POLÍTICA LOCAL QUE CHAMA MARCO BRITO NÃO DEIXE O LEÃO RUGIR PORQUE SE ELE IR PRA CIMA A VITÓRIA É CERTA. PRA CIMA MARCO TMJ!

  8. Milton, eu imaginei uma enorme repercussão com a desistência do médico, porém, qual minha surpresa? Impacto zero, parece que o povo cansou dos delírios de Lucene com seu ufanismo pra lá de exagerado. Adauto, analisou e chegou a conclusão que teria uma derrota vexatória, acachapante para seus adversários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Fechar