WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Itororó

SAAE FECHA MÊS DE AGOSTO COM MAIS DE 300 MIL REAIS NO CAIXA

Milton Marinho

O diretor do SAAE, Virgínio Figueiredo está provando que é bom para administrar a autarquia. O povo pobre, como diz o vereador Sergipe, sofre em suas mãos, mas que ele junta dinheiro, ah, isso sim, Vírgínio é um mestre. É uma pena que o dinheiro não é devolvido ao povo em forma de bônus para compensar o custo do consumo de sua água.

No período em que trabalhou com o petista Adroaldo, 2009/2012, por conta de “forças ocultas” Virgínio pediu exoneração e deixou nos cofres da casa, segundo relatos, nada mais, nada menos que 280 mil, que tomou Doril e até hoje não se sabe o que foi feito daquele montante.

Dessa vez, o decente Virgínio não deixou por menos: ligando uma água aqui, outra acolá; enfrentando sérios problemas com a qualidade da água do Rio do Meio, mas resolveu, contudo, não é que o nosso diretor conseguiu a proeza de repetir o feito daquela época, juntando a vultosa cifra em seus cofres?

Não é à toa que o vereador Sergipe vem cobrando do SAAE de Virgínio, que olhe para os mais pobres das 150 casas e isente-os de suas contas.

O vereador Có do Rio do Meio, pede há muito tempo, através de projeto seu, um recadastramento dos consumidores do distrito, cuja entrega das contas vem trazendo constrangimento à população com as trocas de endereços, assim como a instalação de hidrômetros.

 Virgínio precisa dar vazão ao montante acumulado até o final do ano, acredito, de modo que, novamente, “montado na ema” como está, o mínimo que Adauto e Virgínio podem fazer pelo povo mais pobre é minimizar o custo de suas contas. Afinal, a finalidade do serviço público não é zelar para melhorar a vida daqueles que mais precisam?

Véspera de eleição, sei lá… vamos rezar para Virgínio não venha pedir exoneração de novo; vai que esses 300 mil tomam algum destino ignorado e Adauto dá na cabeça de repetir a façanha do outro.

Fica Virginio!

 

 

 

3 Comentários

  1. Milton, os famosos “cabeça de planilha”, parafraseando o Nassif. O povo? Ah, mero detalhe, como dizia a ex-Ministra Zelia Cardoso de Melo. Outrossim, é fácil perceber o “defensor dos pobres” , o ilustre edil na foto, sorridente, participando do convescote, nada como um dia apos o outro

  2. Virgínio , “prata da casa” de forma perspicaz, eficiente, , tem demonstrado competência naquilo que faz, nos governos municipais que participou/a, ponto para ele, agora a pergunta é: economia para quem??? ja dizia o saudoso Tancredo Neves, enquanto neste pais existir um só homem sem teto, água, luz, e sem lar, toda prosperidade sera falsa., é de bom alvitre salientar que a água é um bem essencial e todos deve ter acesso garantidos pela CF/88. Muhammad Yunus mais conhecido com banqueiro dos pobres, , laureado com o Nobel da Paz foi nesse mesmo diapasão, toda economia deve ser revestidas em favor daqueles que nada tem. Poderíamos estender aqui vários exemplos , ficamos para finalizar o mestre de Nazaré: , para aqueles que professam uma fé, na multiplicação dos pães, atendeu a todos, os discípulos queriam gozar do triunfo, mas Jesus obrigou-os imediatamente a partir, enquanto Ele despede a multidão (cf. Mt 14, 22-23). Obviamente que vivemos em um estado laico e o poder publico nao tem o dever de seguir diretrizes religiosas , porem, um homem publico, TEM A marca de inteligencia configurada, no meu entendimento, aqueles sensíveis as causas dos humildes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Fechar