WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Itororó

LOPES CONTRADITA O CREMEB, E DIZ QUE A ENTIDADE USOU O CORPORATIVISMO PARA DAR AVAL AO MÉDICO ADAUTO.

POR DOUTOR LOPES

O CREMEB usando do vergonhoso corporativismo, e numa demonstração de pouco caso com a saúde e até com a vida de nossa população, mais carente, ao não querer ver indícios de infração nas ilegalidades praticadas pelo “cardiologista”, Dr. Adauto, corrobora as mentiras e má fé do mesmo, que por vários anos atuou como cardiologista, sem ter o RQE, Registro de Qualificação de Especialista, e como não era Registrado no Cremeb, exatamente porque não havia feito, (assim como hoje, ainda não fez), a Obrigatória Residência Médica, para atuar em um órgão tão importante como é o coração humano, não poderia, nem pode exercer esse mister, essa especialidade, uma vez que o Registro conseguido em 04-10-2017, após pressão minha, via blogue Itororó no ar, foi-lhe concedido de mão beijada, sem merecimento; assim, o Cremeb dá AVAL aos crimes de Exercício Ilegal de Medicina, na área de Cardiologista, artigo 282, do Código Penal; Falsidade Ideológica, artigo 299, do Código Penal e Propaganda Enganosa,  artigo, 37 do CDC. Com esse AVAL, o Cremeb se torna co-autor, ou cúmplice, de qualquer dano causado a nossa população, na área do coração, pelo falso cardiologista. Conforme Representação ofertada ao Ministério Público, em 04 de abril de 2018.

Vejam, quem tiver olhos de ver, que a votação do Cremeb não foi unânime, houve o VOTO DIVERGENTE do(a) Conselheiro(a), Raimundo José da Silva, o Conselheiro aqui citado mostrando ética, escrúpulos e sensibilidade com a vida humana, foi contra o corporativismo, que deu vitória ao falso cardiologista, sinal que esse Conselheiro viu, como de fato há, indícios claros e óbvios, de Ilegalidade na atuação de Dr. Adauto, como Cardiologista, embora  a maioria dos votantes não tenha querido ver, (o velho ditado, – o pior cego é aquele que não quer enxergar, veio bem a calhar na falta de consciência, dos vencedores, vencedores?).

A denúncia feita por mim ao Cremeb em 28 de junho de 2018, contra o médico, “cardiologista”, não era só sobre esses crimes acima expostos, não, eu solicitei ao Cremeb especialmente a presença de um fiscal daquele órgão de classe médica, aqui em Itororó, para tratar de assuntos graves, ocorridos, durante os anos em que o enganador atuou como “cardiologista”, até a data em que veio a baila essa falsa especialidade, em agosto de 2017; quando ele correu a Salvador, com falácias para conseguir o imerecido e perigoso Registro de cardiologista, mesmo sem ter feito o que  a lei determina, Residência Médica.

Cremeb, porquê esse órgão de classe, na sessão em que o vergonhoso corporativismo prevaleceu, não foi tratado daquele outro assunto?

Aguardem os próximos capítulos dessa novela baiana, que não se esgotou por aqui, em breve novos fatos virão a tona, e ai, quem sabe os cegos abrirão os olhos e os surdos terão os tímpanos restaurados.!!.

 

3 Comentários

  1. Dr Lopes sua função de advogado só é brigar? Procure advogar e você é o único advogado que gosta de ibopi, sem classe, pois coloca tudo em facebook e em jornais de pequeno porte. Acorda doutor que o senhor vai se dar mal em só falar mal dos outros.E, quem era o médico de sua mãe e seu pai? Mexendo com o cremeb você tá mexendo com várias pessoas … Vai viver que a vida é curta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Fechar