WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
ItororóPolítica

ADAUTO VAI COLOCAR NO OLHO DA RUA CERCA DE 60 CONTRATADOS

Do seu quadro de funcionários contratados que gira em torno de quase ou mais de 300, o Governo da Cidadania de Adauto vai colocar no olho da rua cerca de 60 trabalhadores que serviram temporariamente o município, através de contratos temporários de trabalho.
Não se sabe ainda se estes trabalhadores que frequentarão a rua da amargura a partir de agora foram contratados para quê?

Uma das vítimas do Governo da Cidadania que adentrou no serviço público foi o seu apoiador de campanha Evair que esteve lotado na administração para tomar conta do Galpão da Feira. Evair, injustiçado desde o início do governo não entendeu a decisão de Adauto, nem o povo do Galpão havia entendido as funções que seriam atribuídas a Evair, pois Adauto não instrumentalizou seu aliado de primeira hora, para dar conta de organizar o desorganizado Galpão.

Antes de se eleger que mais prometeu Adauto para a sociedade foi uma tal de “Transparência”, porém, mistérios, segredos e nebulosidades foram os ingredientes de um governo nada confiável, que ao longo de seus quase dois anos de mandatos ele nos ofereceu.

Portanto, o que se pode concluir é que, se Adauto contratou por necessidade as pessoas que ele vai dispensar, vai deixar setores do governo a desejar nos serviços, piorando para a comunidade, mas, se a atitude do Governo em abarrotar as pastas das repartições da “vaca leiteira”, ocorreu por ocasião da política, apenas para transformar setores da administração em cabides de empregos, os exonerados caíram no conto do vigário porque Adauto prometeu durar mais, mas durou menos que o prometido, não deu. Isso quer dizer que camuflada da necessidade, a prática criminosa de um dos pilares condenáveis da administração pública, o abominável Caixa 2, continua a plenos pulmões com o “decente e probo” Adauto.

Milton Marinho / fotomontagem

2 Comentários

  1. O Prefeito das batidas do coração é uma figura política cheia de nuances. Vai do céu ao inferno e vice-versa, na mesma rapidez. É um gato de sete vidas. Quando se pensa que está acabado ressurge. Tá repreendido perverso.😱

  2. Essa situação de contratar em março e demitir em outubro, foi algo que sempre aconteceu em caros governos anteriores. Mas o número de contratados passavam de 800, e chegou a mais de 1000 no governo de Marco Brito.
    Agora são só 300 e estão demitindo bem os que produziram e são a VOZ DE DEFESA DO PREFEITO. Sei não viu!!
    Isso só fortalece a oposição!!
    Imaginem esse povo insatisfeito no palanque da oposição, balança qualquer estrutura endinheirada…
    Vamos aos próximos capítulos!!
    Iac iac iac iac iac iac iac…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Fechar