WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
GeralPolítica

Haddad, na CBN. Duro de roer, impossível de alterar. Assista

 

 

A provocação foi grosseira: “Quantos anos o PT vai levar para reconhecer seus erros?”.

A resposta foi uma delícia: “As Organizações Globo levaram 50 anos para reconhecer o erro de ter apoiado o golpe de 1964”.

Diversas vezes Haddad devolveu a versão radiofônica do Jornal Nacional, na “entrevista” à CBN, a tentativa de massacre, onde pouco se perguntou sobre suas propostas de governo, aquelas que tanto cobram quando falam em eleições.

A pobreza intelectual de Milton Jung e de Gerson Camarotti, para quem a única verdade é o que dizem delatores tão corruptos quanto aqueles que corromperam, ficou patente.

Mesmo quando Haddad falou de seus projetos de educação, isso ficou patente, com uma tentativa tosca de explorar “desigualdades salariais” na Universidade – cujo magistério tem uma única carreira e regras de progressão – e o fato de que o orçamento seria consumido pela folha salarial, o que é mais que natural numa instituição feita, essencialmente, por gente.

Um dos “entrevistadores”,  aliás, chegou a falar em “gerir o negócio” das Universidades. “Gerir o quê?”, estranhou Haddad.

Assista o vídeo, se você puder. Verá um homem preparado e, sobretudo, incapaz de perder as estribeiras com as maiores grosserias.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Fechar